Cervantes

Hoy es el día más hermoso de nuestra vida, querido Sancho; los obstáculos más grandes, nuestras propias indecisiones; nuestro enemigo más fuerte, el miedo al poderoso y a nosotros mismos; la cosa más fácil, equivocarnos; la más destructiva, la mentira y el egoísmo; la peor derrota, el desaliento; los defectos más peligrosos, la soberbia y el rencor; las sensaciones más gratas, la buena conciencia, el esfuerzo para ser mejores sin ser perfectos, y sobretodo, la disposición para hacer el bien y combatir la injusticia dondequiera que esté.

MIGUEL DE CERVANTES
Don Quijote de la Mancha.

2 de julio de 2017

Brics poderão desenvolver estação espacial com a Rússia

Segundo Rogózin, segmento orbital russo já é autossuficiente Foto:TASS
PÁVEL RÍTSAR, GAZETA RUSSA
Planos de vice-premiê incluem acoplagem de novos módulos ao segmento russo da ISS (Estação Espacial Internacional). Atual cooperação com EUA segue até 2024.
O vice-primeiro-ministro da Rússia, Dmítri Rogózin, instruiu a agência especial russa Roscosmos a estudar a possibilidade de desenvolver a Estação Espacial Internacional em parceria com os demais membros do Brics (Brasil, Índia, China e África do Sul).
“Por enquanto, concordamos de trabalhar com os norte-americanos na ISS até 2024, mas devemos ter em mente que, a partir de 2019, eles vão lançar tripulações espaciais por conta própria, usando seus próprios veículos”, declarou Rogózin.
O vice-premiê destacou que, futuramente, a ISS será cada vez mais comercializada e que o projeto da estação possui prazos próprios.
“A data de encerramento do projeto será decidida em negociações com os nossos parceiros dos EUA”, disse. “Mas a questão aqui é outra: ninguém duvida que a Rússia precise de uma estação operacional em órbita – seja um novo laboratório espacial nacional ou um projeto internacional.”
Cosmonautas roncam? Veja curiosidades sobre a vida no espaço width=
A ideia de Rogózin é que o atual segmento russo da ISS continue envolvido em futuros projetos, inclusive com os membros do Brics. “Nós não vamos descartá-lo de modo algum. [O funcionamento do segmento] é absolutamente viável até 2024.”
O segmento orbital russo já é autossuficiente. No futuro, porém, planeja-se a acoplagem de dois novos módulos – um chamado ‘Nauka’ (Ciência) e um módulo de energia.
“Em outras palavras, aumentaremos o segmento da Rússia na ISS com módulos complementares. Uma nova configuração da estação orbital surgirá com base nesse princípio”, explicou Rogózin. Segundo ele, também deverá ser decidido se a estação será habitada permanentemente ou usada por tripulações itinerantes.
https://gazetarussa.com.br/brics/2017/05/23/brics-poderao-desenvolver-estacao-espacial-com-a-russia_768616

Alerta Venezuela

No dejen de ver este conmovedor video

LatinoAmérica Calle 13

Así preparan la cocaína: un cocktel de venenos.

The American Dream

Facebook, Israel y la CIA


La Revolucion de la Clase Media

Descontento en el corazon del capitalismo: el Reino Unido

Descontento en el corazon del capitalismo: el Reino Unido

La Ola se extiende por todo el mundo arabe : Bahrein

La Caida de un Mercenario

La Revolucion no sera transmitida (I)

(II) La revolucion so sera transmitida

(III) La Revolucion no sera transmitida

(IV) La Revolucion no sera transmitida

(V) La Revolucion no sera transmitida

(VI) La Revolucion no sera transmitida

(VII) La revolucion no sera transmitida

(VIII) La Revolucion no sera transmitida

Narcotrafico SA

La otra cara del capitalismo...

Manuel Rosales mantenia a la oposicion con el presupuesto de la Gobernacion del Zulia...

El petroleo como arma segun Soros

Lastima que se agacho...

El terrorismo del imperio

Promocional DMG

Uribe y DMG